segunda-feira, 27 de Janeiro de 2014

Um belíssimo trabalho da Anabela

Sobre a normalidade das famílias, todas iguais sempre que o amor é o denominador comum, leiam ESTA prosa tão bela.
Da minha Anabela. E sim, este "minha" é escrito com orgulho e com vaidade. Ter uma amiga que faz trabalhos assim significa que tenho uma grande riqueza na vida.

8 comentários :

Faria Vento disse...

adoro a anabela, em miuda era das poucas pessoas que me prendia ao ecran...excelente comunicadora.

Ines Melo Sampaio disse...

Que história serena e bonita!

akombi disse...

Já tinha lido e gostei mas dá que pensar pq do que li no relato estas filhas cresceram como "filhas do mundo" ( viajadas com convivência familiar, com estudos e suporte), e penso que as crianças que estão em instituições serão ( penso eu que sou leiga) crianças completamente diferentes.

Por mim quanto mais informação me chega mais confusa fico e uma dúvida surge-me ir contra a natureza mostra-nos que não tem sido bom, esta chamada evolução humana ( tecnológica, ambiental, humana....) a natureza tem-nos dado provas que está contra isso
:(

Pipoca Arrumadinha disse...

Bonita história já agora hoje eu tenho a entrevista ao Pipoco Mais Salgado no meu blog passem lá!

Sara disse...

Muito bom mesmo! Amor é amor, seja em que família for. Haja é capacidade de se superar os problemas que forem surgindo! Precisamos sim, todos, de educação emocional, para esquecermos as denominações (heterossexual/homossexual) e olharmos os outros, sem nos forcarmos nas opções (sexuais) de cada um.

Raquel Lourenço disse...

Gostei muito, muito, muito de ler!! <3

Raquel Lourenço disse...

Gostei muito, muito, muito de ler!! <3

Paula disse...

Fantástico!
Fico contente por algumas pessoas terem coragem para mostrar o que são, pois conheço outras que ainda sentem o peso e a discrimimaçãona sociedade e se protegem fingindo o que não são.
vidademulheraos40.blogspot.com.