quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2014

Bronquiolite: um mundo que ninguém precisava de conhecer

Hoje o meu querido sobrinho faz 6 meses. E o seu "presente" foi uma bronquiolite, coitadinho. A noite passada no hospital, a fazer nebulizações, com febre, aflito, e eu que sei tão bem o que custa ter um bebé doente, que tive o meu Martim tão mal logo aos 2 meses, internado uma semana inteira, com os níveis de oxigénio tão em baixo, e a partir daí foi até aos 3 anos (o primeiro ano fui à Estefânia praticamente todos os dias). Por isso, mana do meu coração, desejo que o príncipe fique bom depressa. Pobrezinho… foi à creche 3 dias e deu nisto. Não é à toa que tantos chamam infectário ao infantário.


6 comentários :

Ely disse...

Não é à toa que aqui (Suécia) não é permitido increver crianças no infantário antes dos 12 meses...
Licença Parental minima 240 dias...Máxima 480! Primeiro ano a criancinha fica em casa e os restantes 240 podem ser tirados ate aos 8 anos de idade, seguidos ou aos pingos sempre que houver necessidade. Viva à Suécia!
Neste momento estou com a minha mai nova de licença (ainda só passaram 5 meses, e só de pensar em deixá-la daqui a 7 meses já doi! Dá-me logo vontade de meter os outros 240 dias!) A primeira nasceu em Portugal e aos 4 mesihos já tava despachada...e só eu sei o que custou...

amiga da onça disse...

As melhoras do menino.

Maria disse...

O meu filho fez bronquiolites consecutivas desde os 3 meses aos 6 meses, idade com que o levámos ao alergologista. As bronquiolites eram resultantes de alergia à proteína de leite de vaca. Tomava celestone e fez aerossol, O2, atrovent e ventilan, pulmicort, xyzal, actifed quase diariamente durante 3 meses. Desistimos da creche. Com a medicação passada pela alergo, melhorou significativamente e conseguimos deixar celestone e reduzir pouco a pouco a restante medicação! Sendo que agora toma Singulair. Valeu a pena fazer os testes.

Paula disse...

As melhoras para o príncipe!
vidademulheraos40.blogspot.com.

Maria L. disse...

Por experiencia profissional, tenham 6 meses ou 4 anos ou aos 23 (como me aconteceu quando comecei a trabalhar)vao apanhar as doencas todas na escola. Ver uma crianca de 6 meses assim é terrivel mas tambem nao podemos po-los numa redoma.

G_ticopei disse...

Também tive o meu filho internado com um mes, no hospital de Aveiro... Mas são tão simpáticos e fomos tão bem tratados que isso ajudou bastante a nossa "estadia" lá! As melhoras para o pequenino e coragem para a mãe...