terça-feira, 25 de Fevereiro de 2014

De peru para… galinha, vá

Hoje estou bem menos peru que ontem. O que vale é que assim como me dá também me passa depressa. O treino de ontem foi absolutamente demolidor (o Pedro trouxe um step, uma corda para saltar, e um TRX demoníaco) e julguei que hoje não me levantava (e era desta que ele ficava à porta). Mas… surpresa das surpresas, hoje acordei moída mas já sem gemer quando me levanto ou sento, já sem aquela sensação de febre, de gripe e de sono. Creio que o meu corpo já principiou a aprender que a vida dele mudou. As dores musculares vão passando à medida que os músculos são constantemente submetidos ao esforço.
Ontem, ao fim do dia, tive uma reunião na escola de futebol dos miúdos, para que os pais decidissem a que torneio de verão queriam que os filhos fossem. A participação no torneio, que dura uma semana, implica inscrição, implica deslocações, alimentação e há ali claramente quem não tenha possibilidades para isso. A ideia é, então, fazer bolos, salgados, rifas para vender em dias de jogos em casa, para se conseguir juntar um valor que, para muitos, parece uma miragem. E eu acho, cada vez mais, que a ida dos miúdos para ali só lhes pode fazer bem (tirando, talvez, a profusão de palavrões por minuto que os pais atiram ao árbitro em cada jogo - no último jogo acho que até o Ricardo aprendeu alguns novos).





4 comentários :

Conto de Fadas disse...

No mês passado comecei a fazer squats em casa... No primeiro dia quase que morro a fazer 50! Desde aí fui subindo até aos 200 por dia... Como estou com menos paciência, agora faço 50 todos os dias enquanto o champô actua no banho. :) Não me custa nada já, é um hábito e vá, não perco tempo!

Ao primeiro dia de squats, juro que no dia a seguir nem conseguia andar. Até me custava a subir escadas... e agora nem sinto nada. O corpo habitua-se, força!

Manuel Rosa Barros disse...

Se precisarem de reportório para os próximos jogos, perguntem-me que isto de andar na "faina" há uns 20 anos (marido e agora filhos) estou uma pro :)
E, sim, aqui pecadora me confesso que já soltei alguns... dos mais "fraquinhos" é certo, mas já perdi a estribeira.... :)

Pipoca Arrumadinha disse...

O exercício faz bem!

kombi disse...

Essas iniciativas são mto boas levam os pais a interagir e os miúdos a admirar-nos ainda mais, o meu bolo de iogurte que levou oreos desfeitos por cima antes de ir ao forno fez um sucesso qd no ano lectivo passado tb se fez uma iniciativa a onde cada aluno levava e vendia o bolo na escola tudo para angariar dinheiro para que todos podessem ir á kidzania no final do ano, e foram e ainda sobrou dinheiro :-) , já os palavrões são desnecessários mas fazem parte do mundo, bons exercicios.