segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Ah, que saudades eu tinha de um comentário destes...

«Really?! Quando temos os valores invertidos não há mesmo nada a fazer. Pôr em risco a vida de um filho que ainda nem nasceu pela futilidade de umas férias?! E não venha com a conversa dos seus filhos e marido não terem férias, porque para este a prioridade deveria ser o bem estar do filho, e as crianças iam ficar tristes, talvez até chorar mas tudo isso passa. Além disso todos já tiveram férias foram a Marrocos, fim‑de‑semana no algarve, casa dos avós, campo de férias, praia, não se pode dizer que seja uma família que passe o ano inteiro fechada em casa a ansiar por 2 ou 3 semanas de férias no verão.
Por isso acho muito triste esta falta de consciência relativamente a um ser completamente indefeso, e espero, pelo bébé que não tem culpa do que lhe calhou em sorte, que corra tudo bem e que estas férias não se tornem num pesadelo e num sentimento de culpa para o resto das vossas vidas.»

A Maria Borges é ou não é um docinho de pessoa?
Vamos então escalpelizar um pouco este comentário tão simpático:

1 - A Maria Borges aparentemente conhece o meu caso clínico a fundo. Pelos vistos, ela sabe mais que o meu obstetra, que por acaso é director de Obstetrícia do Hospital São Francisco Xavier. A Maria Borges viu o meu útero, o meu colo do útero, o meu bebé e até o meu pipi e, por isso, pode opinar com toda a propriedade sobre esta tresloucada vinda para o Algarve. O meu obstetra, grande inconsciente, deu-me ordem de vir de férias, disse que podia, que não havia risco de parto iminente, que ia correr tudo bem desde que cumprisse as suas indicações. Mas a Maria Borges está em poder de outro tipo de informações, muito mais acuradas. E, para ela, isto que eu fiz foi uma verdadeira barbárie e um atentado contra o meu filho por nascer. Venha a CPCJ! Prendam-me ou retirem-me todos os meus filhos, que não mereço menos que isso. E, já agora, enjaulem também o Dr. Fernando Cirurgião, que o que ele fez foi um verdadeiro atentado à Medicina Obstétrica em geral. Como é que deixam gente desta exercer, céus? Como?

2 - Para a queridíssima Maria Borges, eu tenho os valores invertidos por querer algo tão fútil como umas férias em família. Realmente, onde é que eu estava com a cabeça? Passar duas semanas com os filhos, dar-lhes atenção 24 sobre 24 horas, brincar com eles, ter bons momentos em família??? Preocupar-me com o descanso do meu marido, que passou um ano a trabalhar como um demente????Mas que palhaçada vem a ser essa??? Que futilidade, Deus meu! 
Para esta senhora, o facto de o meu médico me ter dito que podia vir não chega. Não! Eu tinha era que ficar deitadinha, fechada entre quatro paredes, para proteger o meu filhinho indefeso. Mesmo que não fosse preciso! Os outros três? Que se lixassem, ora então! Não foram já a Marrocos??? Não estiveram já em casa dos avós e num campo de férias??? Menos, meus meninos! Muito menos, então que garganeirice vem a ser essa???

3 - A Maria Borges conhece a fundo a minha vida de rambóia e acha um excesso estas semanas em terras algarvias. «Não se pode dizer que seja uma família que passe o ano inteiro fechada em casa a ansiar por 2 ou 3 semanas de férias no verão». É isso. Os fins-de-semana chegam muito bem. E aquela semana com as crianças em Marrocos também já está de bom tamanho. Há gente que quer tudo! Não se lhes pode dar a mão que querem logo o braço todo!

4 - Por último… o final! O grande final do seu comentário! Tão bom que é praticamente antológico. Do melhorzinho que já vi por aqui. Passo a repetir, que podia ter-vos escapado alguma parte: «Por isso acho muito triste esta falta de consciência relativamente a um ser completamente indefeso, e espero, pelo bébé que não tem culpa do que lhe calhou em sorte, que corra tudo bem e que estas férias não se tornem num pesadelo e num sentimento de culpa para o resto das vossas vidas.» 
Na verdade, o que a Maria Borges diz nesta poética frase, ainda que disfarçado de "oxalá não te aconteça" é, nada mais nada menos que: desejo que o teu bebé nasça mesmo aí na praia e que morra de tão prematuro que é para aprenderes a lição e viveres o resto da vida com essa culpa em cima dos ombros. 
Só tenho uma coisa a dizer-lhe: acha mesmo, depois deste seu comentário, que eu é que tenho os valores invertidos? Ai, Maria Borges, Maria Borges… Desejo-lhe muita, muita sorte na vida. Vai precisar. Porque com tanta maldade no coração só mesmo a sorte lhe pode valer. 

102 comentários :

Susana Couto disse...

A sério que acabei de ler o que acabei de ler?????
Arre! Há gente que vive uma vida muitoooooooooooo triste!
Uma hora pequenina, Sónia!
Beijinhos.

Susana Couto disse...

A sério que acabei de ler o que acabei de ler?????
Arre! Há gente que vive uma vida muitoooooooooooo triste!
Uma hora pequenina, Sónia!
Beijinhos.

Jo disse...

Credo, que raio de comentário...! :/

Oink Oink disse...

uiu tanta dor de coto!!!!;)

Susana disse...

Uma resposta demasiado bem escrita para um ser que cospe veneno por cada sílaba que expeliia.
Sonia não são só uma família prefeita por acaso, são fantasmagóricamente pessoas altruístas com os valores muito bem definidos,. congratulations,

Cat disse...

Eu que raramente comento, hoje só me apetece dizer:
Calma querida Sónia..! No seu estado não se pode enervar, muito menos com futilidades e gentinha pequenina. Não gaste nem mais um segundo do seu tempo, nem energia! Simplesmente não vale a pena!
Desejo, do fundo do coração, que corra tudo bem! E a essas pessoas apenas devemos desejar o dobro do que nos desejam! Se desejarem bem, pois que recebam em dobro, o mesmo se aplica se nos desejarem mal.

julia novo disse...

Sinceramente acho que essa senhora nem merecia uma resposta... Se as pessoas se preocupassem mais com ad suas próprias vidas...e já agora:BOAS FÉRIAS

Folha branca,caneta na mão disse...

Enfim...ME DO, estas pessoas assustam mesmo, tudo de bom pa ela, com o dobro daquilo que ela deseja pa si...Abuse muito, mas muito, da familia linda que tem...há pessoas que não dão valor a esses valores.beijos

Sandra Silva disse...

Que falta de chá essa Maria Borges. Não ligue Sónia, dor de cotovelo é o que é. Que tudo continue bem com baby M. Desfrute das férias, merecidas.

Cynthia disse...

Lol. Com franqueza, a senhora deve ser formada em medicina, não se vê logo? :)

Carminho disse...

Ui! A inveja é uma coisa tão feia!

www.chamavalheumfigo.blogs.sapo.pt

Sónia BM disse...

De Sónia para Sónia... És a maior! :-) muita sorte e saúde para os 6.

Rita disse...

Cheira-me que o problema da sra foram os fins-de-semana e a semaninha em Marrocos... A inveja é uma coisinha tão tramada que após ler o comentário da sra (e a resposta da Sónia) só me consegui desmanchar a rir por existir gente tão pequenina!!!
Posto isto, aproveite(m) muito estas férias!!! Brinquem, mimem-se e acima de tudo, sejam felizes em familia que é o mais importante!!!
Baby M. cá te esperamos para novembro, até lá aproveita a piscina particular no T0 que a mãe (e o pai) te arranjaram!

Marisa R. disse...

Acho surreal o ponto extremo a que pode chegar a inveja, nem há palavras que descrevam tamanho atrevimento, falta de chá, veneno mesmo! Muita luz para si Sónia e para a sua fantástica família. E de certeza que vai correr tudo bem com a chegada do Baby M. Que sejam 5 minutos bem pequeninos. Beijinhos

Ana Pardal disse...

Há pessoas com vidas muito tristes e que vivem com inveja de quem tem uma vida realmente VIVA. Essas pessoas simplesmente não merecem qualquer pingo de atenção que lhe possamos dar. Ignorar continuará a ser sempre o melhor remédio!

Cristina Oliveira disse...

E tu vais dar importância a quem não a tem??
Tempo de antena a quem é tão, mas TÃO poucochinho que não vale o chão que pisa?!?!?!?!??

Sónia, bai mazé comer uma bola de Berlim que o M. está a pedir.


O meu lema será sempre o mesmo: " preocupa-te com quem interessa e discute com quem te ensina! "





P.S. queremos fotos de pequenos terroristas, para eu babar prazer cima do telemóvel com o bronze de pequena Mada... ����

Ni disse...

Há gente mesmo má neste mundo, caramba... E fico muito triste por constatar que estão sempre a aparecer nos momentos que deveriam ser de alegria, de emoção, de apoio e boa energia*

Multitasking Mum disse...

Nunca comentei, mas tenho seguido o seu blog. Não consegui, depois deste miminho que recebeu, deixar de lhe dar os parabéns pelo trabalho, pelo exemplo, pela frontalidade e pela sua família. O que importa é a sua força, felicidade e determinação, o resto é conversa!

Diana disse...

Se cada um de nós se preocupasse com a sua vida como se preocupa com a dos outros, isto era um sossego!
Quando, mas quando, vai haver uma "arma" para neutralizar esta gentinha? Infeliz, invejosa, o que for, mas que nos chateia, chateia. Ou é só a mim?
Mas alguém lhe perguntou alguma coisa? Não tem nada com que se preocupar?! Arranje! Vá ajudar crianças que precisam mesmo de cuidados e carinho. Faça antes de falar. Ou melhor não fale, guarde os disparate para si, e vai ver a azia com que fica.
Ás vezes até duvido de mim mesma, e penso que não se pode ser bom.
Mas não se pode mesmo é ser uma besta!
Só é triste o aumento exponencial desta espécie.

Jelly Pearl disse...

Também eu queria mais férias mas por já se terem acabado as minhas, não vou passar a vida a "dar tiros"...
Sempre ouvi dizer que a dor de cotovelo é a que custa mais.
Espero que tenhas uma hora boa e pequenina mas só daqui a uns 2 meses e quê :)

PS disse...

Nao há nada que faça tao bem à saúde como o AMOR... e a Sónia está rodeada dele, de quem lhe quer bem e lhe faz bem! Mas quem é mal amado nunca vai entender... nao ha sequer palavras que o façam algum dia entender...

Ana disse...

Muito raramente comento.. Mas, quando li isto só me ocorreu pensar, à moda do meu Porto, "Maria Borges, estrelinha que te guie e c@r@lhinho que te f*d@"
Há gentinha que não tem nada que fazer na sua existência patética!
Sónia, que corra tudo bem e baby M estámos à tua espera em Novembro e só em Novembro, ouviste?

Silvia M. disse...

Isso e mesmo a inveja a falar. Nao ha paciencia....

Patrícia disse...

Xiiiii! A inveja!!!!

Lucky gal disse...

Imagino que o sangue tenha fervido e aconselhar calma é tá-bem-tá. É soltar essas energias da treta e abraçar os putos todos (o de dentro abraças assim a barriga, toda torta) e ter a certeza que lhes estás a dar uma recordação para a vida. "Lembras-te quando a mãe passou férias connosco, muito grávida do M. e depois ele acabou por nascer no tempo certo e agora é astronauta?" (wishful thinking).

És a maior, pá. Haters gonna hate.

Andreia disse...

Mas que pessoa tão má e tão mal-resolvida...

Tudo a correr bem Sónia, aproveite o descanso, que mudar de ares só faz é bem.

Um grande beijinho a todos!

Andreia

Daniela Rodrigues disse...

É compreensível que cada vez mais as pessoas se deixem dominar por sentimentos de inveja, cobiça, mesquinhez, ódio. Pelo facto de ser um luxo, cada vez mais inatingível para muitos, poder ir de férias com a família ou mesmo suportar as despesas de necessidades mais básicas. Eu percebo isso! É urgente mais tolerância, compaixão e amor nesta sociedade! É imprescindível que as pessoas percebam que quando a vida não corre de feição, quando temos pouco, há sempre quem tenha menos. Deixarmo-nos ofuscar por sentimentos negativos destroí-nos e consequentemente famílias inteiras onde os filhos são os que sofrem mais. Infelizmente basta ler as notícias para constatar essa realidade. Apreciem as pequenas coisas da vida e façam por conquistar (não invejar) o que desejam!

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Oh pah, agora por favor confessa que fos-te tu que fizeste o comentário para nos divertir.Vá.Este comentário não pode ter sido emitido por uma pessoa real.Vá, confessa!Não posso acreditar!

Alma Jovem disse...

E lá vem esta "gentinha" derramar o seu azedume e descarregar as suas frustrações nos outros! É isto...
Não ligue, e aproveite que não tarda os nossos pequenitos estão cá fora e o descanso é menor :-) Boas Férias!

Paula disse...

É muito triste o que a INVEJA faz ao ser humano...
vidademulheraos40.blogspot.com.

limonada disse...

Eu acho que a Sónia não devia ter respondido, que isso é dar importância a gente que, aparentemente, não tem muito que fazer... Um beijinho e boas férias!

Bailarina disse...

A inveja é uma coisa f*********** é só o que tenho a dizer!

carla disse...

Gentinha com mau fundo. Não ligue aproveitem as férias Familia.

Desirable Lifestyle disse...

Esqueça-se da pequenez de espírito de alguns invejosos e goze bem as suas férias! Bem precisa de descansar, pois um parto é sempre um momento extremamente exigente para o organismo, por muita experiência que se tenha!
Passe todos os momentos que puder em família, seja onde for, e ignore os comentários ignorantes! Ou não os ignore: dê sempre respostas assim, que são bem dadas e merecidas! E depois não se deixe afectar mais! :-)
Felicidades e que tudo corra às mil maravilhas!

sofia disse...

Não ligue à inveja e não se irrite. Sofia

Nicole Inacio disse...

Isso não se faz minha nossa.... Eu também achei estranho ir a praia e ter ordem para ir, quando no meu caso eu estava proibida de fazer viagens de carro e de ir a praia... para não provocar dilatação. Mas não fui acusar de nada se o obstetra disse que sim...
Isso não se diz, quer dizer uma amiga minha grávida andava sempre na praia e a andar de carro e a pé mesmo quando começou com dores aos 7 meses e pouco. Eu avisei para abrandar um pouco e alertei que o carro e a andar na areia da praia e o calor provocariam o aumento de contracções... ela ignorou porque a médica disse que tava tudo ok... era dores normais... nasceu com 36 semanas abananado e passou 1 semana na incubadora a oxigénio...
Claro que pensei fogo devias de me ter ouvido, mas nunca me passou pela cabeça chegar ao pé da minha amiga super triste e revoltada com a obstetra chegar lá e dizer vez eu sabia que isto ia acontecer, quem te mandou armar em super mulher e quem te mandou andar ai a passear sem pensar no teu filho...

Fui dei o meu apoio quando eles começaram a dizer a médica devia de ter posto a X de baixa e mandado para casa quando começou com dores e afins... eu disse pois vá não vale a pena pensar nisso... para a próxima mudam de médico.

Gentinha má...

Making Little Stuff disse...

É triste ver que há pessoas que usam de forma tão errada a informação que partilha no seu blogue e que acham que podem opiniar sobre a sua vida... Quase me sinto na obrigação de pedir desculpa por essas pessoas...
Sónia, espero que não pense que os seus leitores anónimos são todos assim... De certeza que a maioria está a torcer por si! Um beijinho e felicidades!

Clara disse...

Ó Sónia... acabou de dar à Maria Borges aquilo que ela queria: protagonismo! Essa gente só merece uma coisa... desprezo! (ao menos ri-me um pouco com o seu texto, eheh)
Desejo-lhe umas óptimas férias :D

sandra martins disse...

Boas e muitas férias Sonia! Sim porque com 3 filhos e não tarda nada 4, todas as férias são poucas! E não é só o marido que precisa, qualquer mãe precisa! Eu só tenho um e já acho um mês de férias por ano pouquíssimo! Aproveitem! As Marias Borges da vida dão pena e só!

Mary disse...

A cocó levou tau tau no tutu.
Sim, porque parece que é o que esta senhora quer fazer pela grande irresponsabilidade da Sónia.
Por favor, a Sónia é já bem grandinha para tomar conta da vida dela e dos seus.
sejam felizes o resto são invejas e dor de cotovelo.

Margarida disse...

Sua "esta", sua "aquela" ... haja pachorra, gente que não tem mais nada que fazer ou ocupar a mente ... vem para aqui debitar asneiras, atrás de asneiras ... cócó ( mesmo no verdadeiro sentido ) para a Sô Dona Maria Borges e Boas Férias para a Família Toda, incluindo Baby M !!

Helena Silva disse...

Realmente, ainda estou para perceber o q é q dá na cabeça das pessoas para virem para os Facebooks, blogs e afins, dar palpites na vida dos outros... E se esta D. Maria Borges fosse cuidar da vidinha dela? Ai ai... beijinhos Sónia e boas férias!

Helena

blogbemequero.wordpress.com

SBarreiros disse...

Veja isto Sonia, é sobre os trolls dos comentários:
http://p3.publico.pt/actualidade/media/13249/internet-os-trolls-so-se-querem-divertir

Dani S disse...

Há pessoas que não têm vida.. Não gaste a sua energia em quem só tem inveja. Boas férias, e que corra tudo bem:)

Chris disse...

Ui tanta inveja da " boa", loool. Boas férias mas é, e aproveitar bem a barriga ( se é que é mesmo o último como diz a t-shirt) :D
Abraço

Dani disse...

Mas que grandecíssima c@$%&...

Brown Eyes disse...

Eu acho que a criatura também quer ir até ao Algarve ;) Bjs Sónia :)

Reflexos... disse...

Que pequenez!!!
A inveja é tramada. A senhora nunca se permitiu a ter uma vida e agora quer mandar na vida dos outros.

Baby M, quando nasceres vamos fazer uma festarola e oferecer um bolo muito doce à Maria Borges, a ver se lhe passa a amargura.
Já estou a ver baby M, junto com os irmãos numa bela de uma foto , assim só para quem não suporta a felicidade dos outros sufocar com o fel :P

Ai ai Sónia, raramente comento, mas gabo-lhe a pachorra para aturar estas criaturas sem vida.

Tudo a correr bem e sejam felizes!!!!

Purpurina disse...

Credo que há gente muito bizarra por aí...

ideias... disse...

Sorri e acena Sónia! Sorri e acena!!!!!!! Depois dizem as pessoas más que tem azar na vida! Só pensam em desdenhar e mal dizer! Força Sónia ! A tua família é linnnnnnddddddddddddaaaaaaaaa!!! Vocês são fantásticos e maravilhosos!!!

marina maia disse...

A invejite é tramada!!!
Beijinho e adoro ler-te e ver-te!!!

Maria Virgínia Machado disse...

Realmente Sónia a inveja é tramada. Eu também queria ir para o Algarve agora mas era para lhe dar um abraço a si e aos seus e um beijinho nessa barrinha para o baby M. Divirta-se e seja feliz!

Filipa Santos disse...

A sério que a Sónia se deu ao trabalho de responder a esta pessoa triste? O desprezo é mesmo o melhor remédio para gentinha desta, cheínha de inveja!!
Beijinhos e continuação de boas férias*

romi - think pink disse...

Querida Sónia, o que me apraz dizer é que a inveja é uma coisa muito feia...ou como diria Arthur Schopenhauer, filósofo alemão do séc. XVIII: " A inveja dos homens mostra o quanto se sentem infelizes, e sua atenção constante às ações e omissões dos outros mostra o quanto se entediam."...
Sim, felizmente, "os cães ladram e a caravana passa"...Umas excelentes férias e bom descanso, beijinhos:)

akombi disse...

Nunca entendi, nem entendo, o porquê dos autores dos blogs publicarem este tipo de comentários e responder através do blog, o mundo virtual já tem tantas confusões para quê alimenta-las?

Eu que sou uma maricas medrosa, entendo o comentário da Maria Borges de forma diferente, mas lá está as palavras podem ter um só significado mas podem ser interpretadas da maneira que quisermos.

Tudo a correr bem e a admirar a sua força, energia e forma de vida.

Carla Pinho disse...

Gosto muito de le-la mas hoje desiludiu-me.
Acho muito feio fazer de comentários, de que não gostou, novas publicações. Não gosto nos outros blogues e não gostei neste.
Se não gostou ou conceito ou concordou, bloqueava. Assim não, quanto a mim.

Claudia Cunha disse...

Juro que a única coisa que me deu foi para rir... eheheheheh... mas essa Sra. Maria do Não Sei Quantas esta doida ou quê? Opa é só rir... serio! De tão ridículo e quase "obsceno" que é... Oh Sónia admiro a sua capacidade em lhe responder... olhe sabe o que eu lhe respondia? Era assim: Porque no te callas oh Maria não sei das quantas? Ai eu ai eu que pobrezaaaa!

Ti' Ana disse...

Mas que mulher tão parvalhona, xiça. Avancemos, continue a "postar" coisas giras das férias. Vamos deixar a "Dona Não sei quantas" (já me esqueci do nome da criatura) continuar o seu trabalho frustrante em pleno Agosto na repartição de finanças do Areeiro (atenção, não conheço a senhora, estou só a mandar para o ar).

Cantinho da Bê disse...

Estou absolutamente chocada com o que acabei de ler. Não consigo acreditar que alguém se sinta sequer no direito de escrever tais coisas e por sequer em causa o que vocês sentem pelo vosso bebé. às vezes fico muito desanimada com as pessoas...

Miss C. disse...

Há pessoas que são umas verdadeiras bestas. O comentário dessa senhora é um cóco, não ligues.
Boas férias :)

Joana Lemos disse...

Querida Sónia, ADOREI a sua resposta!! Há por aí pessoas muito mázinhas e azedas. Mal amadas! Não aguentam ver familias lindas como a sua! Tenha umas ÓPTIMAS FÉRIAS!! E descanse bastante. O BABY M soube escolher a familia perfeita para crescer!É a melhor que ele poderia ter! Grande Beijinho e relaxe, tudo vai correr bem! Deus vos proteja.

Joana Lemos disse...

Querida Sónia, ADOREI a sua resposta!! Há por aí pessoas muito mázinhas e azedas. Mal amadas! Não aguentam ver familias lindas como a sua! Tenha umas ÓPTIMAS FÉRIAS!! E descanse bastante. O BABY M soube escolher a familia perfeita para crescer!É a melhor que ele poderia ter! Grande Beijinho e relaxe, tudo vai correr bem! Deus vos proteja.

Inês disse...

a sério??????????? há pessoas que não têm mesmo vida própria.. olhe divirta se aos montes cm os seus 4 filhos e o seu marido :)

Carolina Caires disse...

No Algarve tranquila e de férias, vai ver que vai ficar muito melhor. Vai fazer muito bem a todos. E eu se pudesse tinha todas essas férias e mais algumas. Quanto ao comentário, não passa de alguém que gostaria de ter tudo o que tem (resumindo, não passa de dor de corno).

Té Lima Pires disse...

Eu também queria ir para Marruecos e fins de semana e o camandro para aqui e para ali... e ir para o Algarve com o meu gajo e as minhas 4/5 piolhas... mas num dá... e então... então... venho praqui debitar veneno... não... venho aqui desejar boas férias... e esperar que as nossas de Setembro cá pelo Norte cheguem rápido... ao baby M E PAPÁS E MANOS relax e ENJOY!

MC disse...

Bem, devo ser a única pessoa que não viu inveja no texto da Maria Borges.

Talvez porque também senti um arrepio quando vi que a Cócó tinha ido para Algarve. Talvez porque sei que as coisas más acontecem.

Não disse nada por realmente não valer a pena já que não ia mudar nada, só ia chatear quem tá de férias. E talvez a Cócó precise mesmo é de desanuviar! Eu sei lá.

Mas, vendo como as pessoas ficaram preocupadas e ansiosas pela Cócó não dar noticías, não me admira que alguém não tenha conseguido ficar calada e tenha exteriorizado o seu espanto e descontentamento! Foi terrível? Também a Cócó na sua resposta! Nada contra. Tem direito a dizer o que quiser e até é diáriamente aplaudida por isso.

No fundo, o que não compreendo mesmo são todas as pessoas que vieram aqui chamar nomes à Maria Borges.

(Também não concordo com a parte de não se poder questionar os médicos mas isso também é irrelevante.)

Vanda disse...

Estou sem palavras para este comentário! Realmente há gente mesmo muito mal amada, invejosa. Que a tal Maria não morda a língua, pois de certeza que irá cair para o lado de tanto veneno que tem. Sónia, diverte-te o mais que puderes com os teus filhos e marido, claro que com muitos momentos de descanso pelo meio. Tudo de bom, pois mereces. E o baby M ainda vai ficar um bom tempo no seu t0.

Bijuteria da Ana disse...

esta SRA não merecia sequer um comentário, é só dor de cotovelo, boas férias e aproveite muito. beijinhos

Bijuteria da Ana disse...

Esta SRA não merecia sequer um comentário, é só dor de cotovelo..., boas férias e aproveite muito, nesse recanto que também é o meu, mas o ano todo ;) beijinhos

Duque Me Apetece disse...

Fico triste com gente tão infeliz!
Devíamos procurar a nossa própria felicidade e deixarmos os outros viverem a deles, sejam ela como for!

Seja feliz Sónia!
Tudo de bom para si e para a família (Mojito incluído, claro!) e não ligue a gente chata!

meus senhores, minhas senhoras, poderiam dar um olhinho ao meu blog... é recente mas feito com o coração!
se gostarem, vão seguindo :)

The Duchess

Duque Me Apetece disse...

Seja feliz Sónia!
É só inveja!
Aproveite o momento...isto é só gente sem nada para fazer.

Já agora, meus senhores e minhas senhoras... pedia pf que visitassem o meu blog. É recente mas feito de coração. Vejam e digam me o que acham :)
Obrigada!

The Duchess

sandra cardoso disse...

Espero que tanta BOA SORTE anule a má sorte que esta senhora lhe desejou. Eu também tive problemas - um descolamento da placenta, mas depois de um devido repouso, voltei à minha vida de grávida normal e melhor que ninguém-o meu médico para me dizer o que fazer. Espero que TUDO lhe corra bem, e que seja como a minha Ariana que quase nasceu na ambulância, uma horinha pequenina. ;)

Ana Marques disse...

ahahahahah!!!!
Mas da onde é que sai esta malta, Sónia?
Deve ser a Diácono Remédios das grávidas!!
Boa férias e boa praia.

http://hrmontheloose.wordpress.com/

Nina Mota disse...

Xiiinapáá!!!! A inveja é uma coisa... Li vários comentário referente a este seu post e desculpe se ofendo alguém, que não é o esperado, MAS para mim, sem sombra de duvida, a senhora teve muita, mas muita inveja!!!
A Cocó, com certeza não foi de ferias de animo leve e desculpe, mas quase que a conheço sem a conhecer pessoalmente, mas tenho a certeza que se o seu medico lhe tivesse dito para não mexer uma unha e que teria de ficar deitada o tempo todo, sem permissão para viagens ou outro tipos de lazer, a Sónia nem refilaria e faria tudo o que lhe era recomendado.
Portanto, aproveite, descanse, beba muita agua (que já percebi que é uma das recomendações dadas)e olhe assim com'assim, tenha um Olho de boi por perto, não vá a inveja virar mau olhado!!!

Baby M, sff, porta-te bem, que o forno ainda não apitou o fim da cozedura, queremos-te alourado por fora e fofo por dentro :)
Sejam Felizes

Vera Rodrigues disse...

ME-DO!!!! Puritanismo português no seu melhor :)

Desde que sai de Portugal, ha cerca de dois anos, o comentario que mais ouço é : "Ah vocês é que estão bem, é so viajar e juntar dinheiro". É incrível a perspectiva redutora que muitos teem sobre a vida alheia :)

Beijinhos e aproveite as férias estas e todas aquelas que poder ter até Novembro ;)

VBubbly
http://vbubbly.blogspot.co.uk/2014/05/saga-da-vida-de-uma-emigrante-em.html

Isabel Gomes disse...

Mas que despropósito! Onde raio a Maria Borges foi buscar a (des)inspiração para um comentário assim!

Isabel Gomes

http://osmeusremedioscaseiros.blogspot.com

Kiduxa disse...

A inveja é uma coisa tramada. Enfim...

Roxy IN Blog disse...

Normalmente estas pessoas gostam de criticar os outros ( por vezes sem motivos ) mas depois deixam os filhos na avó o tempo todo, ou ficam em casa o dia todo porque não tem paciência para ir ao parque brincar com elas. Isso sim é que é pouca sorte !

A inveja é lixada! Temos pena!*

Paco disse...

Confesso que tambem eu sustive a respiracao quando vi a foto da Sonia na praia, mas foi apenas por estar aqui a torcer para que tudo corra bem.
Mas nem por momentos achei que uma mae inteligente com 3 filhos simpaticos e educados nao estaria completamente consciente do que faz.
Um beijinho e como diz a Madalena a Sonia é uma princesa tambem.

Maria Borges disse...

Em primeiro lugar quero agradecer o destaque dado ao meu comentário com honras de página principal e tudo!
O facto de ter respondido de forma tão irritada e ao mesmo tempo justificativa só mostra que sabe que eu tenho razão.
Em circunstâncias normais eu também sou defensora e praticante ( felizmente posso ir de férias e jantar fora e afins) de ter todos os fim‑de‑semana, férias, jantares, com filhos, a dois, como se quiser e puder. Estes momentos de relaxamento e diversão em família, ou o tão falado "tempo de qualidade" nunca são demais, mas também não podem estar acima de tudo e seguramente nunca acima do bem estar ( ou saúde) de um filho.
Apesar de agradecer, não é necessário que se preocupe com a minha vida nem com o meu coração porque estão os dois bem muito obrigada. Aquilo que chama de maldade e as suas leitoras de inveja ( quem não concorda com uma coisa que outro faz só pode ser porque não pode fazer, conclusão um bocado básica mas enfim!) eu chamo de dizer aquilo que realmente penso da sua atitude que continuo a considerar muito inconsciente e que mostra efetivamente uma inversão de valores.
Boas férias! Porque no fundo isso é o mais importante.....

Burkina disse...

Ai gentinha invejosa e demente....havia de haver um catalizador de más energias para aceder ao blog blhac
Divirta-se com o seu clã ;)
Áh e exiba a sua linda barriga que está linda linda:)
Beijinhos doces

Vânia Carmo disse...

Mas é inconsciente porque? Por acaso é médica? Por acaso teve acesso aos exames da Sónia? D. Maria coloque halibut no cotovelo que isso já lhe passa ;) Boas férias Sónia e que tudo corra bem :) beijinhos

Patrícia disse...

Olhe que este comentário também é dos bons. Tipo "eu cá não digo nada, mas já que se fala nisso...". Buh!

Andreia Brites disse...

A leitora foi má, mas discordo da Sónia num ponto. Há crianças que não têm oportunidade de passar férias fora da área de residência, mas cujos pais , aquando das suas férias, lhes dão atenção 24H por dia, fazem com elas programas diferentes..São crianças saudáveis e felizes à mesma. No resto, concordo inteiramente .

Unknown disse...

Sónia desfrute das férias e não ligue a pessoas dessas.Este ano em Março infelizmente onde trabalhava fechou então era para não ir de férias, mas os meus filhos ficaram tão tristes, fiz o sacrifício e lá vamos nós agora na ultima semana de Agosto para Trancoso como é nosso hábito.Os miúdos andam radiantes e a contar os dias no calendário.Desejo-lhe tudo de bom.Beijinhos.

Magda disse...

Comentário tão estúpido, realmente certas pessoas vivem consumidas no seu veneno.
Um horror. Borrifa te nisso. O interessa é o que disse o obstetra e se te sentes bem.

Cet Banca/Seguros disse...

Sempre existe pessoas sem vidinha própria! Dor de cotovelo das grandes, aposto que deve ser aguem sem amor próprio e sem ninguem que vá de férias com ela, já que implica tanto com a dos outros.
Resto de uma boa grávidez e tudo de bom para si e para a família :D

rita liz disse...

Também não vejo inveja no comentário da Maria Borges. Ela deu a sua opinião. Não é preciso virmos aqui só dizer coisas lindas e que se querem ouvir, certo?
Não acho uma inversão de valores nem concordo com tudo, mas é um risco sim, isso ninguém pode negar. E eu acho que também não o corria, saltava estas férias, pronto!
Mas cada um faz o que entende e de certeza que a preocupação com os filhos é igual...

Smurfina Smurf disse...

A inveja é mesmo um sentimento horrível fogo. Deixe lá Sónia, sempre ouvi dizer que "vozes de burro não chegam ao céu".
Continuação de boas férias.
Beijinho para os 6 (que o baby M também merece) *

Carolina disse...

Se calhar disse o que muitos pensaram!?! Convenhamos que não é a coisa mais normal ir de férias após um susto desses. Eu também fiquei aflita ao saber e isso não quer dizer que eu deseje mal mas que se calhar não sou tão otimista e fico preocupada! Eu não iria nem que o meu médico me dissesse que eu podia ir para o outro lado do mundo. O médico trabalha. O médico não é vidente. O médico não é Deus. O médico não define as minhas prioridades.
Não me parece que esteja a não se importar com o bebé, mas a confiar demais na sorte, no destino, no médico... já diz o ditado mais ditado prevenir que remediar! Mas espero que todo esse otimismo resulte, que continue tudo bem. Boas férias.

Catarina Morgado disse...

Really Maria Borges? Again?

Afinal, apesar da sua preocupação "sincera" pelo bébé da Cócó, e depois de uma demonstração tão aguerrida de um modo de estar na vida de grávida tão irresponsável, voltou ao blog.... De facto acho que não deve ser nem inveja, nem maldade, não, acho mesmo que se resume à estupidez natural de alguém que não aceita o apoio dos leitores do blog e que, em vez de se limitar à sua insignificância, ainda critica esses mesmos leitores por estes não partilharem dos seus tão perfeitos valores morais: "quem não concorda com uma coisa que outro faz só pode ser porque não pode fazer, conclusão um bocado básica mas enfim!" - Básica é a senhora, perdão, Senhora Supra-sumo do Batatoon que ainda se sentiu na obrigação de esclarecer que também consegue ir de fds e jantar fora.
Muitos parabéns! Ao voltar a responder, limitou-se a demonstrar que é, de facto, MUITO básica: A sua arrogância de que detém uma verdade absoluta perante tantos anormais leitores... Já pensou em se juntar ao Governo e partilhar com eles a sua imensa sabedoria??? Com sorte ainda resolvia os problemas do país e qui sait, do mundo...

Cócó, não perca tempo. Com pessoas destas está a gastar tempo, energia e sanidade mental que vai precisar (e muito!) com quatro filhos para criar. Esta senhora deve ter no máximo 2 filhos e as gravidezes devem ter sido santas. Não sabe obviamente do que fala, pois nem se referiu à parte em que mencionou a opinião do seu obstetra. Se calhar o seu obstetra devia dedicar-se a outra profissão... Talvez a Maria Borges possa "iluminá-lo"!

Tudo a correr bem e uma horinha minúscula (mais minúscula que este meu comentário ;P)

ME disse...

Isso é que faz verdadeiramente mal ao BabyM, o veneno alheio e o tempo que a mãe perde a dar-lhes troco, não é as férias em familia.
Francamente, se há coisa que o BabyM pode ter como certa mesmo antes de nascer, é que teve a sorte de calhar numa familia feliz, unida, saudável e com os valores todos no sitio certo. Beijinhos e boas férias. O Mojito tambem foi?

Oliveira Gisela disse...

Fui mãe pela primeira vez aos trinta e seis anos e trabalhei até ao último dia da minha gravidez. Nesse mesmo dia, cheguei a casa, arrumei o que tinha para arrumar, tomei um banho de imersão e às 21H lá fui eu para o hospital. O meu filho nasceu saudável e lindo como um raio de sol!!
A segunda vez que dei à luz tinha quarenta e dois. Fiz várias viagens entre Lisboa e o norte do país. Trabalhei até às trinta e cinco semanas e quando finalmente o médico me atestou a gravidez de risco, o meu filho decidiu nascer às trinta e seis semanas, um prematuro com 3300kg e por isso tivemos alta. O mundo mudou muito, mas sempre ouvi dizer que gravidez não é doença. Nas aldeias dizia-se que as mulheres eram como as vacas"nove meses prenhas, nove meses a trabalhar". Lamento se isto vos choca e a esta distância, também lamento que o meu médico não me tenha dado o atestado uns meses antes, para que eu pudesse saír de Lisboa e pudesse ir de férias...e se o meu filho nascesse em Marrocos, ou em Gibraltar ou no Gerês, so what? A aventura está dentro de nós, não podemos ter medo de viver só porque sabemos qual é o nosso irremediável destino, se não só sobrevivemos! Não me parece que as grávidas que permanecem sete meses de repouso em casa a "engordar" sejam mais sensatas do que as que se sentem bem em plena actividade. Mas cada gravidez é só uma e para isso há a indicação periódica do nosso obstetra...felicidades Sonia e esse M. vai ser um lutador!!

Unknown disse...

Que pena a senhora não ter estado em Marvila para proteger a bebé que foi mergulhada em água a ferver em vez de se preocupar com os bebés de pessoas que são bons pais e mães.

Sandra Gois disse...

Há pessoas que se mordessem a sua própria língua, morriam envenenadas. A inveja é um bicho lixado!!!

liliana p disse...

Sacana do médico que não percebe nada do assunto. Onde é que ele estava com a cabeça quando deu autorização para as férias? Idiota!!

Ana Fernandes disse...

Sou seguidora deste blog a pouco tempo , mas acho que como seguidoras podemos dar a nossa opinião seja positiva ou negativa….não é só passar a mãozinha pelas costas e falar mal por trás….talvez esta senhora tenha dito o que realmente acha e que mtas pensaram mas n tiveram coragem de responder.
A Sónia é jornalista e sabe que todos temos liberdade de expressão…e é a Sónia que nos dá liberdade para entrar na sua vida, expondo aqui o seu dia a dia…..a Sónia é que pintou o panorama de os últimos dias terem sido difíceis e de risco….ficamos tds preocupados e de seguida feliz por ter tido alta.
Mas pessoalmente se estivesse no seu lugar dps de ter um episódio de internamento e de tanta medicação para evitar um parto prematuro com graves consequências para o bebé por ser tão pequeno, eu não teria ido de férias msm que o meu médico tivesse dado ordem de soltura (sou mto teimosa e poderia vir o papa dar o veredicto que ainda assim levava a minha avante).
Eu sei que é chato estar enfiada em casa e que gravidez não é doença….mas no seu caso existiu e ainda existe um grande perigo….eu sei que tem crianças que desejam mto ir de férias e existe um marido que trabalhou o ano inteiro e tb ele esta desejoso pelas férias de família….mas agora questiono e se durante este tempo continuasse internada como seria? Chato não é!!!!
Sónia estou aqui a dar a minha opinião e sei que tlv tb leve de tabela com outros comentários, passei pelo mesmo estive internada as 35semanas foi mto chato e tive que seguir tudo a risca para chegar as 37 semanas e provocarem o parto, queria mto ir pra casa para preparar tudo aquilo que deixei por fazer como o enxoval, entre outras coisas e tb estava a passar pelo período de ferias!
No entanto acho que deu demasiado importância a um comentário que não lhe agradou, mas tlv esta senhora, não seja daquelas seguidoras que se tivesse acontecido algo antes do tempo….lhe desse palavrinhas bonitas de força vão superar tudo….tlv tenha sido direta demais e um pouco fria nas palavras, mas não passa de uma opinião…..não posso é concordar que as criticas sejam rotuladas de inveja ou pq podem ou n fazer aquilo, nem todas as pessoas que têm menos dinheiro e que não podem viajar são más ou egoístas ou que os filhos que ficam em casa são mais tristes que as outras crianças.
Sim existem 3 filhos mas a família tb pode dar uma ajudinha visto que os pais neste momento precisam de dar mais atenção ao baby que vem a caminho. Agora e futuramente será ele a prioridade que irá alterar toda a vida da família….mas quem sou para falar mãe de uma baby C enquanto a Sónia é mãe despachada de 3.
Assim me despeço tudo de bom uma hora pequenina qdo chegar altura certa….assim o desejarei e continuarei a seguir as peripécias do dia a dia da sua família.

Sandra Clemente disse...

Creio que todos somos livres de expressar a n/ opinião.
No entanto, a meu ver, opinião e crítica são coisas distintas. E a forma como se fala/escreve também faz muita diferença.
A Sónia expõe o que quer da sua vida, nós vimos aqui ler e ver porque queremos :) Simples. Se podemos discordar? Sim, claro. Escrever o que nos dá na real gana? Não. Não somos familiares nem colegas de escola ;) E até nestes casos, o respeito é requisito obrigatório.
Não entendi o comentário da senhora como ínveja. Mas fui criada na convicção que há coisas que simplesmente não se dizem.
E a única frase que me fez arregalar os olhos foi esta: "... estas férias não se tornem num pesadelo e num sentimento de culpa para o resto das vossas vidas."
Demasiado e desnecessário. Soa a ave de mau agoiro e possivelmente sem ser esse o intuito. Mas não entendo de onde vem. E sinceramente não quero entender.
Também sou frontal, por vezes bastante áspera, mas não digo isto a ninguém.
Perdoando a expressão, a vida já se encarrega de nos trazer merda suficiente e não merecida :)
Cada um sabe de si. E o que tiver de suceder, sucede. Foi algo que aprendi à muito tempo.
E, não acredito que alguém com três filhos (pelo que me parece, bem criados e miúdos normais) não pense nos ditos e no que vem a caminho.
Boas férias :)
Também já tive as minhas, que muita falta me estavam a fazer.

Andreia Gomes disse...

Querida Sónia: eu sou mãe de uma bebé prematura. Simplesmente aconteceu, ela quis nascer mais cedo e eu estava hospitalizada há dois dias (no hospital, segundo esse comentário maldoso, não deveria de acontecer nada, não é?). Com as garantias médicas que tem, parece-me que o mais importante é fazer exatamente o que tem feito: aproveitar o tempo com os seus amigos e familiares e descansar. Como mãe já sabe que após o parto não vai haver descanso.
A verdade é que toda a gente gosta de se armar em médico e de culpar a mãe nestes casos (eu sei do que falo...). Confie em si, no seu médico e tudo vai correr pelo melhor.
Muitas felicidades para toda a sua família!!!
Andreia

Soraia Carvalho disse...

Infelizmente ainda há pessoas que pensam que gravidez é doença. Deplorável este comentário

paula cris disse...

Que espectaculo de resposta!! Nunca vi nada tão bem respondido!!! Disse tudo o ke deveria, muitíssimo educadamente! Parabéns e muito boa sorte^!!!

Pat disse...

O meu pequeno Francisco Xavier, com agora 7 anos, nasceu numas férias da Páscoa em Faro, às 28 semanas de gestação.
Devo ter falhado o capítulo em que aprendo a sentir-me culpada para o resto da minha vida...
A neonatologia do Hospital de Faro deve ser uma das melhores da Europa (sem descurar as outras, não me atirem pedras...).
Mas olha, por obra e graça de todos os santinhos que por aí andam não se passou nada. Enfim... contar até 10.