quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

Banhos Públicos

Há por aí quem se manifeste muito agastado com isto dos banhos públicos. Que é uma moda, uma estupidez, uma idiotice sem fim. Que se pode muito bem doar dinheiro sem ter de levar com água gelada pela mona abaixo. E eu pergunto: qual é que é o mal de uma moda que não prejudica ninguém a não ser eventualmente o próprio (que pode apanhar uma constipação, congestão ou ataque reumático) e que pode contribuir para ajudar os outros? Ah, mas é uma palhaçada e as ajudas aos outros são assunto muito sério. Please… Se alguém quiser ajudar fazendo palhaçadas qual é o problema? Ah, mas nem todas as pessoas doam dinheiro e há quem o faça só pelo show off. E então? As acções ficam com quem as pratica. Se há quem goste de se exibir levando baldadas de água fria esquecendo o seu propósito original é lá com elas. Mas o que é certo é que tem havido uma doação verdadeiramente impressionante para várias instituições, nomeadamente para a APELA, a Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica, que apoia doentes e familiares de doentes com ELA, uma das doenças que mais me perturbam no reino das doenças (se não sabem o que é vão ler e depois digam-me se não é uma doença de impor respeito). Ah, mas as pessoas que ajudam devem fazê-lo em silêncio, sem alardes, sem chamar a atenção para si próprias… A sério? Porquê? Se esta moda não fosse pública teria alguma vez tido a repercussão que tem tido? Se os molhados não partilhassem os seus banhos nas redes sociais, convidando outros a aderir, teria isto o efeito multiplicador que tem tido?
Lamento mas não entendo o agastamento. Nem sempre os fins justificam os meios mas neste caso em particular acho que estão mais que justificados. Se o fim é ajudar, venham de lá esses baldes de água fria. E se a seguir passarem para baldes de cocó… força nisso!

E já agora parabéns à Rádio Comercial pelos desafios lançados a figuras públicas e pelas verbas valentes que têm conseguido angariar. Gosto mesmo destes quatro!

28 comentários :

Ana e Sérgio disse...

Não podia estar mais de acordo!! :-)

Té Lima Pires disse...

é tudo "imbejosos".... LOL... concordo em pleno... acho que se se puder alertar e ajudar com palhaçadas nada melhor... ah e tal porque gastam agua e não há agua potável em Africa (generalização) eh pah ... dá pena sim... mas não vamos por aí... é mesmo gente que GOSTA DE CRITICAR por tudo e por nada...
Também eu adoro esses quatro... são uns "ganda malucos" e com a maluquice conseguem mover muita gente para muita coisa boa!

Rita victorino disse...

Sónia, as pessoas, simplesmente, não sabem o que falam......
Infelizmente tive um primo que faleceu com esta doença e digo-vos - é simplesmente horrível!!!!
É uma doença degenerativa indescritível!
Ver a pessoa a, literalmente, definhar, estando totalmente consciente do que lhe está a acontecer.....
É doloroso para o doente, dá-nos uma sensação de impotência.......
Temos a obrigação de fazer tudo o que estiver ao nosso alcance, não só pela ajuda que se dá aos doentes e familiares, que também necessitam de acompanhamento, mas também pela procura de algo que alivie, por menor que seja, a dor destes doente, na sua fase terminal....
Nesta e em todas as doenças!!!
Um beijinho e espero que o Baby M se esteja a portar bem...

K disse...

Para não variar, concordo com tudo, Sónia. TUDO neste post.
É isso mesmo.
Há malta que só gosta mesmo é de deitar a baixo e dizer mal... Get a life!
P.S.: o que não me impede, ao mesmo tempo, de achar piada a alguma rábula que já se faz sobre o assunto (é a vida!).

Andrea disse...

Precisamente!

Carla disse...

Ainda ontem escrevi no meu FB:
Vocês que acham que é uma palermice gastar água potável numa brincadeira para uns e numa forma de angariar fundos para uma causa para outros enquanto noutros lados do mundo há gente que vive sem água já pararam para pensar que todos os dias lavam os pés e o cú com água potável? E que há quem não tenha água para beber???
Deixem brincar quem quer brincar, alinhem se quiserem, não alinhem se não quiserem, ignorem, mas deixem-se de tretas…

Sandra Clemente disse...

Grave, grave, no meu parco entender, é perceber que existe cada vez mais a crítica gratuita.
São de louvar todas as iniciativas que tragam algo de positivo. Mais não seja para darem visibilidade às causas.
O meu pai sofre de Alzheimer. E a verdade é que esperamos sempre por uma cura ;)
Creio que grande parte das pessoas que comenta de forma negativa nunca viu ninguém próximo perder as capacidades, sejam elas quais forem, a uma velocidade vertiginosa.
Além do mais, que mal faz um balde de água?? Está calor :D

Mariana disse...

Também concordo! Agora anda tudo "ofendidinho" porque se gasta água e há pessoas a morrer à sede em África. Sim, é um problema, mas para mim vale tanto como dizer a uma criança que "tem de comer tudo porque há que pessoas que não têm o que comer". E os campos de golf, são regados com quanto "baldes"? Estou como o Nuno Markl, se isto serviu para por a ALS no mapa, então vanha daí esse balde!

Maria Forte disse...

Pois eu não concordo com os tais banhos. Não pela palhaçada em si porque acho que foi uma forma bastante eficaz de chamar a atenção para esta doença terrível e porque sempre fui adepta de uma boa palhaçada. Mas pelos milhares de litros de água que estão a ser gastos. Se eu morasse em África e tivesse que andar kms por um balde de água, aí sim, ficaria agastada. Tenho a certeza que existem milhares de palhaçadas igualmente eficazes para chamar a atenção.

João Delicado disse...

De facto, esta é uma grande palhaçada. Mas, como palhaçada que é, não está nada mal: ou seja, não traz mal ao mundo; e consegue contribuir para uma causa. Why not?

Será mais um belo 'case-study' para os 'marketeers' deste mundo, que se devem estar a roer de inveja pelo sucesso de uma ideia tão simples.

O vídeo da malta da Comercial é dos melhores que já vi! Está MESMO fixe!

MGI disse...

Acho parvo e ridículo. Mas como tudo o que é parvo e ridículo chama a atenção e neste caso pode ser útil a parvoíce.
MGI

Mamã da Caroxinha disse...

Costumo lê-la mas nunca comento,talvez por vergonha mas hoje vou fazê-lo e partilhar o seu texto.
Concordo com cada palavra sua e nem conheço ninguém com ELA apenas com EM que também não é doença fácil...
As pessoas hoje adoram criticar, dizer mal, reforçar aquilo que acham mal...para mim isso é mesquinhez!
Talvez a maioria não saiba que a ideia do balde de água gelada é um símbolo do que os doentes sentem assim que são diagnosticados...é como se um balde de gelo lhes caísse em cima e permaneça para o resto da vida...
Admiro muito o altruísmo de todos os que têm feito a doação e os banhos!
E parabéns pelo seu texto!

Maria da Saudade Leitão disse...

Concordo totalmente! Se forem preciso palhaçadas ainda mais estapafúrdias para alertarem consciências para tamanhos males como a ELA, então que todos viremos palhaços em alta escala!
Esta doença é das mais terriveis e todos devíamos contribuir para ajudar quem infelizmente padece de males como este.
Os mal-dizentes e pseudo moralistas que metam pés ao caminho e contactem com estas realidades, para verem o que é sofrer a sério!
Bem haja a todos os que contribuem para esta iniciativa, ajudadndo a ELA a ajudar!

David Cabanas disse...

na minha opinião o problema passa por utilizar água própria para consumo humano, quando em muitas regiões do mundo não há água para beber...quanto aos donativos às instituições estou completamente de acordo...

Mary disse...

Não há pachorra para os falsos moralistas! "Milhares de litros de água gastos e a sede em África e blá blá...." É muita hipocrisia!!! Não me digam que nunca deram um mergulho numa piscina...
Aí já não pensaram na sede em África!

Gaia disse...

O meu "problema" não são os banhos públicos mas sim a malta desinformada que faz os ditos cujos banhos mas a pedir jantares a quem não cumpre o desafio.
Muitos não sabem a verdadeira causa que está por trás de tudo isto e não fazem sequer ideia que é para a APELA nem do que se trata.

CAP CRÉUS disse...

A questão não está nos banhos, mas sim no gastar de água.
Acho que é simples de se perceber.
A doença é desconhecida? As associações necessitam de apoios?
Façam-se campanhas nos media, andem a picar o governo, peçam para ir a programas de tv, já que qualquer borra botas lá bota faladura. Estou contra o gastar de água. Perguntem a um puto sedento em áfrica o que ele acha.
E o vídeo da malta da comercial não está do outro mundo. Porque precisam as pessoas de endeuzar tudo e todos? Chiça!

RENATA COSTA disse...

Muito me espanta uma pessoa com a Cristina Ferreira, com alguma inteligencia, vir dizer que nao vai aderir aos banho públicos, somente vai dar a sua contribuiçao financeira de forma discreta.Segundo ela os videos já se tornaram uma brincadeira... Isto dito por uma pessoa que passa o programa inteiro a fazer palhaçadas e a rir de tudo e por nada... Ainda bem que o Manel alinhou!!

Patricia Silva disse...

As pessoas criticam por tudo e por nada, típico português!!
Se não fossem baldes de água e fossem baldes com confetis, de certeza que iriam aparecer os típicos moralistas a falar nas árvores que foram e iriam ser cortadas para a produção de papel. Enfim. Deixo aqui um vídeo que explica a razão destes vídeos... vejam e pode ser que percebam que tudo tem uma razão de ser.

http://www.upworthy.com/the-last-ice-bucket-challenge-you-need-to-see-and-you-really-should-see-it?c=pm1

Cynthia disse...

" Gaia disse...
O meu "problema" não são os banhos públicos mas sim a malta desinformada que faz os ditos cujos banhos mas a pedir jantares a quem não cumpre o desafio.
Muitos não sabem a verdadeira causa que está por trás de tudo isto e não fazem sequer ideia que é para a APELA nem do que se trata."


Assino por baixo. São palhacinhos a pedir jantares, nada mais. A iniciativa original do Ice Bucket não me parece a mesma coisa q a malta por cá anda a fazer apenas porque sim.

Dona Micas disse...

Se é para ajudar quem precisa, porque não?! Uma maluquice que não prejudica ninguém!

Dona Micas
http://donamicas.blogspot.pt

gotadeluar disse...

Boa noite. Está moda do banho público começou por razões muitos estúpidas na zona do Algarve. Consistia em alguém tomar banho num local público e depois nomear 3pessoas para fazerem o mesmo, se alguma dessas 3não o fizesse tinha que pagar uma mariscada a quem o nomeou. Quem era nomeado e tomava o banho tinha direito de nomear mais 3 pessoas. Eu acho isto estúpido, adultos crianças e adolescentes, andarem todos tontos a fazer só pra por no Facebook e etc só pra dar show.
Agora falando no que isto se transformou, nesta forma de doar algum valor monetário a causas que valem apena e precisam de todas as ajudas, sou mais de acordo. Cada um sabe de si e das suas ações, mas acho que estes banhos públicos solidários fazem muito mais sentido!

I. disse...

Www.wateraid.org

Há milhares de crianças que morrem por não terem água potável, outras milhares que percorrem km para conseguirem levar água para a família, nesse percurso há jovens que são violadas... querem tomar banhos com água gelada? Acho bem, mas não o façam com água potável, o site da wateraid apresenta alternativas.

E o argumento do desperdício de água em campos de golfe é simplesmente cretino, por não concordar com um não implica que concorde ou não me incomode com o outro

Ana Sofia Santos disse...

Então não viu o mural da Cristina Ferreira porque disse que não ia fazer mas ia doar.
As pessoas dizem que não quer molhar o cabelo, mas esta em causa da doação ou o balde???
Ela partilhou a info no site dela que tem imensa gente a ver, não sei porque criticam quem acham uma parvoíce (são igualmente pouco tolerantes para com opiniões diferentes)

IR disse...

OMG........enfim, mais um tema que de tão bom que é se torna polémico!
É assim mesmo! Não se consegue agradar a gregos e troianos! Gosto da justificação que se dá por aí, em relação ao gasto de água potável. A sério? Querem mesmo usar essa desculpa? Querem mesmo falar dos esmininos de áfrica? Então vamos lá! E as águinhas maravilhoras com que se banham nas lindas piscinas? Então e a linda relvinha onde se rebolam, felizes e contentes? Ah e as belas tacas no lindo campo de golfe? E os banhos longos pra descontrair da canceiras das férias? E os pézinhos lavadinhos na saída da praia? Querem mais ou em relação à água já perceberam que mais crimes existem sem qualquer fim benéfico para a humanidade?! Não vamos falar da comida, pois não? E de saúde? De casinha, roupinhas e afins, tb não pois não?! Sejam felizes e se não o conseguem ser, tentem ajudar quem quer ter uma vida menos pesada!

Ana Sofia Santos disse...

Lá esta só li agora os comentários ali o da Renata se ela (Cristina) já contribuiu publicou a info na pagina dela, com milhares de pessoas a ver, ainda precisa de levar com o balde??? Não sabemos ler e agir??

e deixo uma pergunta, como ainda ninguém me nomeou não posso contribuir???

princesa disse...

À minha sogra foi diagnosticada a doença há cerca de um ano. Por isso toda a família tem apoiado esta 'chuva' de banhos públicos ( e quase que aposto que os familiares dos mais de 700 casos que existem em Portugal também a vêem com bons olhos)...
Quem faz estes comentários não sabe do que fala... e espero que nunca tenham de saber.
Obrigada Comercial por ter dado maior impacto a esta causa <3

Ricardo Teixeira disse...

Eu sei do que falo...eu mesmo sou portador de uma doença degenerativa, não é esta em questão. Acho apenas estupido isto dos banhos, para ajudar basta.. ajudar, não é preciso fazer videos a tomar banhos públicos a dizer, olha como eu sou solidário